Fale conosco:41 3016.5345kitron@kitron.com.br
Home > Blog

Tudo sobre Ponto de Equilíbrio

Postado em 16 de Junho de 2016
Imagem de ilustração: Tudo sobre Ponto de Equilíbrio
O ponto de equilíbrio nada mais é que a quantidade de unidades dos seus produtos que você deve vender ou quanto em dinheiro você deve faturar para cobrir todas as suas despesas e os seus custos. Calcular o ponto de equilíbrio é fundamental para quem já tem uma empresa ou até mesmo quem está analisando a viabilidade econômica de um novo negócio, pois é com ele que podemos saber exatamente quanto devemos vender para que consigamos manter a atividade.
 
Antes de calcula-la é preciso saber qual é o seu Índice de Margem de Contribuição. Onde podemos conseguir aplicando a seguinte fórmula.
 
Índice de Margem de Contribuição = Margem de Contribuição / Receita de Vendas
 
Agora sim com o Valor do Índice da margem de contribuição podemos calcular o ponto de equilíbrio:
 
Ponto de Equilíbrio (PE) = (despesa fixa + custo fixo) / Índice de Margem de Contribuição
 
Se você ainda sente dificuldade para entender esses conceitos, acesse o nosso artigo sobre Custo e Formação de Preço de Venda.
 
O cálculo do ponto de equilíbrio pode ser feito mediante a extração de dados individuais de cada produto, ou utilizando a DRE (Demonstração do Resultado do Exercício) da sua empresa, o resultado final é o mesmo. Na prática, a utilização da DRE se torna mais fácil de ser aplicada, por isso a utilizaremos no nosso exemplo a seguir:
 
EXEMPLO 1: Calculando o Ponto de Equilíbrio da seguinte empresa:
 
(+) Receita de Vendas
 
200.000,00
(-) Impostos Sobre Vendas
4%
(8.000,00)
(-) Custo das Mercadorias Vendidas
60%
(120.000,00)
(-) Comissão sobre Vendas
5%
(10.000,00)
(-) Outras despesas/Custos variáveis
10%
(20.000,00)
= Margem de Contribuição
 
42.000,00
(-) Custos Fixos
 
(4.000,00)
(-) Despesas Fixas
 
(12.000,00)
= Lucro Líquido
 
26.000,00
1 – Calcular o Índice da Margem da Contribuição (IMC): 
Índice de Margem de Contribuição = Margem de Contribuição / Receita de Vendas
IMC = 42.000/200.000 = 0,21
 
2 – Cálculo do Ponto de Equilíbrio (PE):
Ponto de Equilíbrio (PE) = (despesa fixa + custo fixo) / Índice de Margem de Contribuição
PE = (4.000 + 12.000) / 0,21
PE = 16.000 / 0,21
PE = 76.190,48
 
Nesse caso analisado, para a empresa atingir o seu ponto de equilíbrio será necessário que ela fature R$ 76.190,48. Caso queira tirar a prova real desse valor, basta colocá-lo na DRE, mantendo os mesmos percentuais, conforme segue abaixo:
 
(+) Receita de Vendas
 
76.190,48
(-) Impostos Sobre Vendas
4%
(3.047,62)
(-) Custo das Mercadorias Vendidas
60%
(45.714,29)
(-) Comissão sobre Vendas
5%
(3.809,52)
(-) Outras despesas/custos variáveis
10%
(7.619,05)
= Margem de Contribuição
 
16.000,00
(-) Custos Fixos
 
(4.000,00)
(-) Despesas Fixas
 
(12.000,00)
= Lucro Líquido
 
0,00
Agradecemos a lida desse artigo, e se ele foi útil para você, compartilhe nas redes sociais e ajude a divulgar nossos serviços a outras pessoas interessadas. E caso ainda reste dúvidas, contate-nos, que um dos nossos contadores podem lhe ajudar.
 
 
Confira também, alguns de nossos outros posts:
 
 
AUTORIA: KITRON Contábil.
O seu escritório de contabilidade em Curitiba.


Comentários